-->

A escolha entre adquirir um plano de saúde ou um seguro de saúde depende das necessidades de cada utente. Descubra quais as diferenças neste espaço dedicado a responder às dúvidas dos consumidores. Fonte Expresso

Os planos de saúde são quase sempre mais baratos, mas os seguros são mais completos. Quem tem um plano paga as despesas do próprio bolso, já com descontos incluídos. Nos seguros de saúde, paga um valor e o restante é coberto pela seguradora diretamente ao prestador, ou reembolsado ao utente. Mas há mais situações a ter em conta.

Os planos de saúde são quase sempre mais baratos, mas os seguros são mais completos. Quem tem um plano paga as despesas do próprio bolso, já com descontos incluídos. Nos seguros de saúde, paga um valor e o restante é coberto pela seguradora diretamente ao prestador, ou reembolsado ao utente. Mas há mais situações a ter em conta.

É preferível escolher o uso do plano de saúde quando tem mais de 60 anos, quando já tem um problema de saúde diagnosticado ou quando pretende aceder a consultas no privado, mas não tem posses para adquirir o seguro de saúde. Quanto aos serviços, tem a oportunidade de assistência médica e de enfermagem ao domicílio, transporte gratuito em ambulância e aconselhamento telefónico. Ao contrário dos seguros, o plano pode ser usado logo após a adesão. O serviço é limitado aos estabelecimentos e profissionais da rede de cuidados médicos selecionados que, normalmente, estão situados nos grandes centros urbanos, dificultando o acesso aos residentes mais interiores.

Quanto aos seguros de saúde, deve adquiri-los quando pretende acautelar uma possível cirurgia, quando pondera ter filhos ou ser frequentemente atendido no privado. No que toca aos serviços, estão incluídos todos os presentes no plano de saúde, como também o capital em caso de hospitalização. No caso de doença diagnosticada, só pode recorrer ao seguro após o período de carência (cerca de 60 ou 90 dias após a subscrição). As despesas só são pagas até ao limite de capital da cobertura. O prémio anual é mais elevado e vai aumentando com a idade.

É possível ser atendido dentro e fora da rede de cuidados que o seguro inclui. Se for atendido fora da rede, deve guardar a fatura e enviar para a seguradora, posteriormente, será devolvida parte do dinheiro, mesmo que em menor valor do que o coberto nos serviços dentro da rede. Para evitar utilizações abusivas, a seguradora possuí “períodos de carência” que deve consultar antes de adquirir o seguro.

Se desejar terminar o contrato do plano de saúde, tem de o anular, caso contrário, será automaticamente renovado. Não basta cancelar o débito direto, se o fizer, irão acumular dividas com juros. Nos seguros de saúde, também tem de cancelar, mas se o prémio anual não for pago, o seguro é automaticamente anulado.

Definições de Cookies

A EZATA pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.


Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.
Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.
Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.

Cookies Necessários Permitem personalizar as ofertas comerciais que lhe são apresentadas, direcionando-as para os seus interesses. Podem ser cookies próprios ou de terceiros. Alertamos que, mesmo não aceitando estes cookies, irá receber ofertas comerciais, mas sem corresponderem às suas preferências.

Cookies Funcionais Oferecem uma experiência mais personalizada e completa, permitem guardar preferências, mostrar-lhe conteúdos relevantes para o seu gosto e enviar-lhe os alertas que tenha solicitado.

Cookies Publicitários Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.